Echo-chamber: a sensação de que todo mundo está falando sobre a mesma coisa

Echo-chamber: a sensação de que todo mundo está falando sobre a mesma coisa

Você já sentiu que tem visto e ouvido sempre as mesmas coisas nas redes sociais ou em outros canais que você acompanha no seu dia a dia?

É disso que se trata o echo-chamber (“câmara de eco”, em tradução livre), que significa, justamente, um espaço ou compartimento capaz de fazer um som reverberar.

Trazendo para o mundo da internet, esse é o nome dado ao que temos visto ultimamente: milhares de redes sociais surgindo, novas pessoas, novas marcas e novas coisas, mas, ao mesmo tempo, a sensação de que tudo é muito igual ao que já estamos acostumados.

Há dois motivos principais que fazem isso acontecer: o primeiro é a falsa ilusão de que é interessante e necessário se inspirar (ou copiar) tendências para ganhar espaço na internet. Ou seja, aquela ideia de que, se determinado assunto funciona ou está sendo falado, você deve falar sobre ele também para estar em linha com o que é visto ou falado por aí.

Mas o segundo é a consequência de tudo isso: quanto mais você engaja com esse tipo de conteúdo, mais o algoritmo das redes sociais entende que você se interessa por ele, te mandando ainda mais conteúdos iguais. E assim você vai fechando sua rede e sua cabeça.

De que adianta a internet nos presentear com tantas redes e formatos de conteúdo se nós usamos todos eles para ouvir sobre os mesmos tópicos? É como se você acompanhasse o mesmo tipo de canal na TV e no rádio, todos os dias.

E o pior é que essa sobrecarga de informações gera um bloqueio na nossa criatividade. Primeiro pela frustração causada pela sensação de nunca conseguirmos acompanhar o que acontece em tempo real, e estarmos sempre um pouco atrás de tudo o que acontece. Segundo porque, por mais irônico que seja, parece que todas as “novas” ideias já estão saturadas. Que tudo já foi feito, visto e falado.

 

Mas isso é reversível? Como podemos evitar o echo-chamber no nosso dia a dia? Aqui vão cinco dicas que podem ajudar:

01

Experimente novos canais

Em vez de passar horas rolando o seu feed do Instagram ou do TikTok, que tal escolher novos formatos?

Busque podcasts, assine newsletters, conheça redes de notícias como o Reddit, canais de conteúdo, blogs, TED talks… Descubra novas pessoas, novos lugares (ainda que virtuais) e novas opiniões.

02

Diversifique seus assuntos

Todo mundo tem temas preferidos para falar e ouvir sobre. Mas você já deu uma chance para outros tópicos? É claro que você não precisa deixar de acompanhar tudo o que acontece no mundo da gastronomia, se essa é a sua paixão. Mas, talvez, assistir a um documentário sobre fotografia na Europa um dia pode te despertar novas visões e estimular a sua criatividade.

Busque abrir o leque de conteúdos que você consome. Explore novos assuntos!

03

Analise quem você está seguindo

Você segue milhares de pessoas “da sua área”, para buscar referências e estar por dentro do que está acontecendo no seu mercado? Spoiler: assim você só vai bloquear mais a sua criatividade.

Em vez de seguir quem é famoso ou relevante, busque conteúdos e perfis que realmente agreguem alguma coisa ao seu dia a dia, seja em termos de aprendizado e conhecimento, informação, bem-estar, entretenimento, ou simplesmente por gostar da forma com que a pessoa se comunica!

04

Saia da internet

Em um mundo de distanciamento social, a internet é rainha! Mas a vida não acontece só aqui! Olhe para fora das telas e aprecie os momentos e as conversas que acontecem além delas. Ouça sua comunidade, observe sua rotina off-line, e valorize mais as experiências sensoriais que você pode ter todos os dias.

05

Ouça, pense, discorde e aprenda

No nosso dia a dia, lidamos com frequência com divergências de opinião, ideologias e experiências completamente diferentes das nossas. Mas sejamos sinceros: o mundo seria muito chato se todo mundo gostasse das mesmas coisas e concordasse em todas as ideias!

Por isso, permita-se ouvir, também, quem pensa diferente de você. Debatam argumentos, reflitam, aprendam, e, se necessário, discordem mesmo assim. Com a impulsividade das redes sociais, muitas vezes esquecemos de estimular nosso senso crítico!

Em outras palavras, faça um detox de tudo o que você tem visto e ouvido e abra-se para novas conversas. Estimule sua criatividade, interesse-se, aprenda, conheça e permita-se mudar de opinião, ideia ou gosto sempre que sentir necessidade.

Há um mundo de possibilidades e ideias acontecendo por aí. Não se feche para ele!

compartilhe:


Entre na conversa!

Deixe seu comentário ▽

O seu endereço de e-mail não será publicado.