fbpx

Instaglossario: o que significam os principais conceitos do Instagram

Instaglossario: o que significam os principais conceitos do Instagram

Por mais “social” que seja, quando falamos em Instagram, falamos também de tecnologia, e, consequentemente, de números e análises. Se você já acessou os insights do seu perfil, dentro da própria rede, você sabe do que estamos falando, certo? Mas o que significam todos aqueles dados?

Parece que estamos falando outra língua – e, na verdade, estamos, porque a maioria dos conceitos é mais popular em inglês – mas, uma vez que você entender o significado por trás das palavrinhas que estão ali, os insights do seu instagram vão ficar muito mais claros, o que te dará mais facilidade para mensurar os resultados da sua estratégia de comunicação.
 

Para te ajudar, separamos os dez conceitos mais populares, para entender de uma vez por todas as análises que a própria rede oferece. Vamos lá?

 

01

Insights

Já citamos na introdução, mas vale a pena explicar melhor: os insights são as análises de resultados do seu instagram, e eles englobam todos os conceitos que você vai conhecer neste post.

Vale lembrar que, no dia a dia, também é normal usar ‘insight’ relacionando-o à novas ideias, percepções e conclusões (ex: “essa conversa me trouxe alguns insights”).
 

02

Impressões

As impressões são números geralmente altos, que correspondem à quantidade de vezes que seu post foi visualizado. Porém, elas não dizem respeito ao total de pessoas impactadas: um único usuário pode representar diversas impressões ao visualizar um mesmo conteúdo mais de uma vez através de dispositivos diferentes, por exemplo
 

03

Alcance (ou reach)

Um dos conceitos mais importantes das redes. Como o próprio nome sugere, o alcance diz respeito à quantos usuários receberam seu conteúdo. Ele é menor que o número de impressões, uma vez que calcula de acordo com usuários únicos. O que isso significa? Como dito acima, se uma pessoa visualizou seu post pelo celular e pelo tablet, ela representa duas impressões, embora seja contabilizada como um único usuário em termos de alcance.
 

04

(Geração de) Lead

Você já deve ter lido por aí que o principal objetivo da comunicação online é a geração de leads. Mas o que isso significa?

Os leads são potenciais clientes, que já demonstraram interesse pelo seu produto ou serviço, direta ou indiretamente.

Leads reais são, aquelas pessoas que se cadastram no seu site ou em outro conteúdo fornecendo o contato de email. No caso do Instagram, existe uma grande possibilidade de transformar em leads aqueles seguidores fiéis ao seu conteúdo, que interagem com frequência.

A vantagem da captação de leads nas redes sociais é a qualidade do contato, pois a pessoa já te conhece e acompanha com frequência. Enquanto o contato do instagram não é de propriedade sua, ao trazê-lo para sua base de dados, com o endereço de email, você passa a ter a possibilidade de interagir ainda mais e em um nível mais pessoal e direto pelo email. A soma desses diferentes pontos de contato e momentos de interação nas redes e no email vão te ajudar a direcionar seu conteúdo e estreitar relacionamentos com esse público de forma mais consistente.
 

05

Engajamento

Já se deparou com contas que possuem números altíssimos de seguidores, mas poucos comentários? Isso significa uma baixa taxa de engajamento.

O engajamento de um conteúdo é calculado pelas ações criadas pelas pessoas impactadas por ele, ou seja, a quantidade de curtidas, comentários, compartilhamentos, etc.

A taxa de engajamento (engagement rate) é um dos principais indicadores sobre a eficácia da sua comunicação. Para calculá-la, você deve somar o engajamento obtido por um post e dividir o resultado pelo alcance. Para ter a porcentagem, basta multiplicar o total por 100. Há quem calcule dividindo o engajamento pelo número de seguidores, mas alguns especialistas preferem usar o alcance para ter um número mais condizente com a realidade de cada post.

Vale, porém, calcular o engajamento em relação ao seu número de seguidores para entender se você está trabalhando com uma audiência qualificada, ou seja, que se identifica com o seu conteúdo, ou apenas crescendo seu número de seguidores sem obter resultados.
 

CUIDADO:

Métricas podem ser uma armadilha. Essas taxas são referências interessantes e importantes, mas procure não obcecar com elas. Dedique seu tempo a ouvir seu público e criar relações verdadeiras com eles.

 

06

Conversão

E falando em resultado, a conversão corresponde aos seguidores (ou leads) que se tornam, de fato, clientes. Como já falamos algumas vezes por aqui, de nada adianta um perfil super movimentado se o número de vendas continua baixo, certo?

Se sua taxa de conversão está baixa, isso pode significar que sua mensagem de marca não comunica de forma tão eficaz o produto ou serviço que você oferece (veja este post para entender mais sobre mensagem de marca), ou que há algum obstáculo no seu processo de prospecção (veja este para relembrar o processo completo).

Foque nos seguidores que podem virar conversões!
 

07

Chamada para ação (call to action)

Você com certeza já ouviu falar nela, em português ou inglês. Seu conteúdo, em dados momentos, deve ter uma chamada para ação, seus anúncios não trazem resultado sem ela, seus stories geram mais engajamento quando você a inclui, e a lista aqui é infinita. A chamada para ação é essencial nas redes sociais.

Em linhas gerais, ela é um convite à sua audiência a interagir com aquele conteúdo, normalmente oferecendo algo em troca. As chamadas podem ser desde perguntas no fim do post, que estimulam o leitor a responder nos comentários, até a geração de links direcionando seu seguidor à compra (ex: “clique no link da bio para ganhar 25% de desconto na primeira compra”) ou ao acesso de conteúdos exclusivos (ex: “envie seu email por DM para receber meu e-book”).
 

08

Algoritmo

O algoritmo é o mecanismo usado pelo instagram para distribuir o conteúdo da plataforma. Sendo uma das redes mais utilizadas no Brasil e no Mundo, Mark Zuckerberg precisou garantir que toda essa movimentação fosse rentável, certo? Ao contrário do que muita gente pensa e diz por aí, os algoritmos não são os vilões do instagram. Mas aqui vai a dica de ouro: o Instagram distribui os posts por relevância, e essa relevância vem do engajamento obtido pelas suas publicações. Esqueça a ideia de que a rede está escondendo seus posts (isso não é verdade!) e trabalhe a eficácia do seu conteúdo. Você está comunicando sua mensagem de marca de forma consistente ou tem postado porque alguém disse que você deve publicar todos os dias? Seja criativo, crie conversas e desenvolva um relacionamento efetivo com a sua comunidade, e seus posts vão continuar aparecendo para o público interessado (e engajado).
 

09

Bots

Já falamos bastante deles por aqui, mas é um assunto tão importante que vale a pena repetir. Os Bots (ou Robots) são plataformas de automação para redes sociais, que interagem com perfis interessados em conteúdos semelhantes ao seu, com a intenção de torná-los seguidores. Parece interessante, né? Mas não é.

Os bots infringem as políticas do Instagram e usá-los pode fazer com que a rede bloqueie o seu perfil. Além disso, tais plataformas criam uma audiência artificial, que foi atraída por esse engajamento automático e não pela sua mensagem de marca.

Sendo assim, fuja dos bots e interaja com os perfis de interesse manualmente, para, assim, criar sua comunidade de forma orgânica e verdadeira.
 

10

Linktree / Campsite / Linkin.bio

Por mais que ele não façam parte do instagram o uso dessas plataformas de multiplicação dos links da bio se tornou bem popular. Com elas você consegue disponibilizar vários links de uma vez só. Precisa divulgar um material específico, como um novo post no blog, mas não quer tirar da bio o acesso ao seu e-commerce? O linktree ou Campsite podem te ajudar. Para blogs maiores que necessitam de um link para cada post do instagram, o linkin.bio é uma excelente alternativa.
 
É claro que receber um feedback negativo, como o próprio nome sugere, não é lá tão bom. Por isso, sempre que se deparar com eles, pare, respire e tente observar suas reações relacionando-as com o passo a passo acima.

Gostou do nosso glossário? Aprendeu algo de novo por aqui hoje? Você já conhecia todas esses conceitos? Quais outros você colocaria nesta lista? Me conta aqui nos comentários 🙂

compartilhe:


Entre na conversa!

Deixe seu comentário ▽

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *