Email-Marketing: conteúdo de valor e audiência fidelizada

Email-Marketing: conteúdo de valor e audiência fidelizada

Você já deve ter cansado de ouvir por aqui que não deve apoiar toda a sua comunicação no instagram (se ainda não entendeu o porquê, leia este post agora). Mas se as redes sociais são incertas a longo prazo, qual ferramenta pode te garantir conversão com periodicidade e perenidade?

A newsletter!

Esqueça o email-marketing no maior estilo SPAM, que nos fez odiar esse meio de comunicação um dia, e abra-se para uma nova oportunidade de contato próximo com a sua audiência. Porque o email ainda vive, e vai continuar entre nós por muito tempo!

Mandar newsletters para sua lista de contatos é como se você tocasse a campainha de um potencial cliente para bater um papo por algumas horinhas, regularmente. Nessa conversa você poderia mostrar mais sobre você, sua história e expertise, e ainda incentivar o anfitrião a conhecer melhor seus produtos ou serviços de forma bem simples.

É assim que seu email funciona. Enquanto as redes sociais se destacam no alcance, as newsletter são uma forma direcionada e personalizada de fazer parte do cotidiano do seu público, e, assim, estreitar ainda mais a sua relação com ele.

 

Hoje em dia, existem ferramentas como o Mailchimp e o SendinBlue, que tornam o envio de newsletters muito mais fácil. Basta cadastrar a lista, criar o conteúdo de forma bem intuitiva e deixar que a tecnologia faça o resto. E se você quer criar emails marcantes, que funcionam e convertem, siga as dicas abaixo:

01

Mantenha uma periodicidade

Assim como todo canal de comunicação, as newsletters exigem uma periodicidade, definida por você com base nos assuntos e no interesse da sua audiência.

É interessante criar uma rotina de envios, no mínimo, mensal, para que o leitor não se esqueça do seu negócio. Porém, opte sempre por qualidade em vez de quantidade: prefira menos emails com mais conteúdo de valor para não correr o risco de ‘mandar por mandar’ e acabar perdendo o interesse do seu público.

02

Crie conteúdo de valor

E por falar em conteúdo, o segredo de uma boa newsletter é o assunto que ela aborda.

Você tem um espaço para falar sobre sua marca, mas não deve tornar o email apenas sobre você. Busque entreter ou informar, mas, principalmente, se destacar entre os outros tantos emails da caixa do seu leitor. Escreva justamente o que ele está precisando ler naquele momento.

03

Direcione o público aos seus canais

As newsletters são uma excelente estratégia para divulgar suas redes sociais, comunicar seus lançamentos e promoções, ou explorar os posts do seu blog. Por isso, use links para levar seu leitor – e potencial cliente – aos seus canais. Mas, atenção: não exagere para não correr o risco do seu email ser bloqueado pelos filtros anti-spam!

04

Priorize a entrega ao layout

Os filtros anti-spam estão presentes na maior parte dos servidores de email, e economizam nosso trabalho de selecionar os emails úteis manualmente (basta checar o seu lixo eletrônico para ver o tanto de coisa que é bloqueada antes mesmo de chegar na sua caixa)!

Mas o que a sua newsletter tem a ver com isso?

Para fazer esse bloqueio, os filtros detectam comportamentos duvidosos, típicos de emails promocionais ou SPAM: muitos destinatários, links em excesso ou muitas imagens agregadas ao layout.

Por isso, ainda que você utilize ferramentas reconhecidas (como o mailchimp), vale a pena manter o email claro, simples e direto, para evitar ao máximo que ele vá parar no lixo antes mesmo de ser recebido pelo seu leitor.

05

Fique de olho nos resultados

Em todas as estratégias de comunicação, analisar os resultados é fundamental. No caso das newsletters, os resultados podem revelar o interesse e a aderência do seu público através da quantidade de entregas, aberturas, cliques, etc.

Você pode acessar esses resultados diretamente nas plataformas de envio, que oferecem relatórios bem detalhados, ou recorrer às redes sociais para pedir feedbacks e ouvir opiniões!

Em linhas gerais, o email-marketing é um ótimo jeito de fidelizar seus contatos (acredite: sua lista de emails é valiosíssima!), gerar valor e comunicar as novidades do seu negócio, além de ser mais um espaço para explorar sua mensagem de marca e reforçar seu tom de voz.

Você já incluiu o email-marketing no seu planejamento de comunicação? Comente aqui contando sua experiência!

compartilhe:


Entre na conversa!

Deixe seu comentário ▽

O seu endereço de e-mail não será publicado.